Plantão 55 (11) 99666-3888

CRECI 21504J

55 11 3714-4830 55 11 3714-2206

Quer construir sua obra?

Imprensa - Notícias Premoeng Imóveis

TAXA DE DISPONIBILIDADE DE CONDOMINIO APRESENTAM QUEDA

O mercado de condomínios logísticos do Estado de São Paulo fechou o primeiro trimestre do ano com ligeira queda na taxa de disponibilidade de 22,34% ante 23,85% do último trimestre de 2013. No Brasil ainda apontam os setores de e-commerce, varejo e alimentício como os principais locatários destes imóveis. A pesquisa também mostrou que São Paulo fechou o período com um inventário de 5.471.901 milhões de m², sendo que a disponibilidade do Estado é de 1.222.528 milhões de m². As cidades paulistas com mais áreas disponíveis são Vale do Paraíba (203.192 mil m²) e Campinas (199.939 mil m²). Já Osasco / Carapicuíba (7.088 mil m²) e Ribeirão Preto (8.644 mil m²) são as regiões que possuem menor disponibilidade de área.

Os preços apresentaram elevação, fechando o trimestre em R$ 21,70 m² / mês. O valor representa um aumento de cerca de 3% em relação ao último trimestre do ano passado. Dentro do Estado, as regiões que praticam preços mais altos são a cidade de São Paulo (R$ 27,50 m² / mês), seguida por Osasco / Carapicuíba (R$ 26,50 m² / mês), Barueri (R$ 26,00 m² / mês), Guarulhos (R$ 24,60 m² / mês) e Embu (R$ 23,70 m² / mês). Em relação aos inquilinos que optam por condomínios logísticos, o estudo observou que as demandas recentes exigem metragem a partir de 5.000 m² e 40.000 m², sendo que a localização, o preço e a flexibilidade do projeto têm sido fatores decisivos para a escolha de um galpão em condomínio logístico.